Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro - Vencedores (23/09)

O estado de Minas Gerais agora comemora o tricampeonato da Mostra Competitiva com Temporada (André Novais de Oliveira).
51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Está encerrado o 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

O estado de Minas Gerais agora comemora o tricampeonato da Mostra Competitiva com Temporada (André Novais de Oliveira). O longa também levou Melhor Fotografia (Wilsa Esser) e Direção de Arte, além do prêmio de Melhor Atriz para Grace Passô e Melhor Ator Coadjuvante para Russo BDR.

Beatriz Seigner foi agraciada merecidamente com a Melhor Direção por Los Silencios.

O Júri Popular escolheu o ótimo documentário sobre Linn da Quebrada, Bixa Travesty (Claudia Priscilla e Kiko Goifman), confirmando a forte reação do público com a obra e a importância da temática.

Já o comovente Torre das Donzelas, documentário sobre as ex-detentas da ditadura militar, levou o Prêmio Especial do Júri.

Um dos filmes mais diferentes e interessantes do festival, A Sombra do Pai (Gabriela Amaral), levou em três categorias: Melhor Atriz Coadjuvante (Luciana Paes), Melhor Som e Melhor Montagem.

Na seleção dos curtas, Conte Isso Àqueles Que Dizem Que Fomos Derrotados (Aiano Bemfica, Camila Bastos, Cristiano Araújo e Pedro Maia de Brito) levou prêmio máximo da noite, além de Melhor Som. O ótimo Eu, Minha Mãe e Wallace conquistou o Júri Popular e Melhor Atriz Coadjuvante (Noemia Oliveira), e o Júri Popular escolheu Liberdade (Pedro Nishi e Vinicius Silva).

O belíssimo curta de animação Guaxuma saiu com três prêmios: Melhor Direção para Nara Normande, Melhor Direção de Arte e Trilha Sonora.

Na Mostra Brasília, os vencedores foram New Life S.A. (de Brasília) e Entre Parentes. No Júri Popular, os escolhidos foram O Outro Lado da Memória (longa) e o ótimo documentário Terras Brasileiras (curta).

Confira os dias de cobertura do Loucos Por Filmes:

Também vale o agradecimento pelo convite do Razão de Aspecto para participar das lives realizadas logo após as sessões.

A lista completa dos vencedores da Mostra Competitiva:

Longas (Troféu Candango):

Melhor longa-metragem: Temporada
Melhor longa-metragem Júri Popular: Bixa travesty
Melhor direção: Beatriz Seigner (Los Silencios)
Melhor ator: Aldri Anunciação (Ilha)
Melhor atriz: Grace Passô (Temporada)
Melhor ator coadjuvante: Russão (Temporada)
Melhor atriz coadjuvante: Luciana Paes (A Sombra do Pai)
Melhor roteiro: Ary Rosa e Glenda Nicácio (Ilha)
Melhor fotografia: Wilsa Esser (Temporada)
Melhor direção de arte: Temporada
Melhor trilha sonora: Bixa Travesty
Melhor som: Gabriela Cunha (A Sombra do Pai)
Melhor montagem: Karen Akerman (A Sombra do Pai)
Prêmio Especial do Júri: Torre das Donzelas

Curtas (Troféu Candango):

Melhor curta-metragem: Conte Isso Àqueles que Dizem que Fomos Derrotados
Melhor curta-metragem Júri Popular: Eu, Minha Mãe e Wallace
Melhor direção: Nara Normande (Guaxuma)
Melhor ator: Fábio Leal (Reforma)
Melhor atriz: Maria Leite (Mesmo com Tanta Agonia)
Melhor ator coadjuvante: Uirá dos Reis (Plano Controle)
Melhor atriz coadjuvante: Noemia Oliveira (Eu, Minha Mãe e Wallace)
Menção honrosa de atriz coadjuvante: Rillary Rihanna Guedes (Mesmo com Tanta Agonia)
Melhor roteiro: Fábio Leal (Reforma)
Melhor fotografia: Anna Santos (Mesmo com Tanta Agonia)
Melhor direção de arte: Nara Normande (Guaxuma)
Melhor trilha sonora: Normand Roger (Guaxuma)
Melhor som: Nicolau Domingues (Conte Isso Àqueles que Dizem que Fomos Derrotados)
Melhor montagem: Gabriel Martins e Luisa Lana (Plano Controle)
Prêmio Especial do Júri: Liberdade

Mostra Brasília (Troféu Câmara Legislativa do DF)

Melhor longa-metragem: New Life S.A
Melhor longa-metragem Júri Popular: O Outro Lado da Memória
Melhor curta-metragem: Entre Parentes
Melhor curta-metragem Júri Popular: Terras Brasileiras
Melhor direção: André Luiz Oliveira (O Outro Lado da Memória)
Melhor ator: Murilo Grossi (New Life S.A)
Melhor atriz  As presidiárias (Presos Que Menstruam) representadas por Naiara Lima
Melhor roteiro: Wesley Gondim (Pra Minha Gata Mieze)
Melhor fotografia: Alan Schvarsberg (Entre Parentes)
Melhor montagem: Zefel Coff (A Praga do Cinema Brasileiro)
Melhor direção de arte: Moacyr Gramado (O Outro Lado da Memória)
Melhor edição de som: Olívia Hernandez (Riscados Pela Memória)
Melhor trilha sonora: Vinícius Jibhajan (O Outro Lado da Memória)






Deixe sua opinião:)