Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

Novos filmes e séries de “As Crônicas de Nárnia” serão desenvolvidos pela Netflix

Sob os termos de um contrato de vários anos entre a Netflix e a The CS Lewis Company, a Netflix desenvolverá histórias clássicas de todo o universo de Nárnia em série e filmes para seus assinantes de todo o mundo.
As Crônicas de Nárnia
A Netflix anunciou que desenvolverá séries de TV e novos filmes sobre As Cronicas de Nárnia, baseados na amada série de CS Lewis.

Sob os termos de um contrato de vários anos entre a Netflix e a The CS Lewis Company, a Netflix desenvolverá histórias  do universo clássico de Nárnia em série e filmes para seus assinantes de todo o mundo.

Todas as séries e filmes produzidos através do acordo serão produções da Netflix, com Mark Gordon da Entertainment One (eOne) ao lado de Douglas Gresham (As Crônicas de Nárnia: Príncipe Caspian) e Vincent Sieber (A Colmeia) atuando como produtores executivos das séries e como produtores dos longas. No total, os livros de Nárnia já venderam mais de 100 milhões de cópias e foram traduzidos em mais de 47 idiomas em todo o mundo. O acordo marca a primeira vez que os direitos de todos os sete livros do universo de Nárnia foram mantidos pela mesma empresa.

As adoradas histórias de 'As Crônicas de Nárnia' de CS Lewis ressoaram com gerações de leitores em todo o mundo”, disse Ted Sarandos, diretor de conteúdo da Netflix. “As famílias se apaixonaram por personagens como Aslan e todo o mundo de Nárnia, e estamos felizes em ser sua casa nos próximos anos.”

É maravilhoso saber que pessoas de todo o mundo estão ansiosas para ver mais de Nárnia, e que os avanços na tecnologia de produção e distribuição tornaram possível para nós fazer as aventuras de Nárnia ganhar vida em todo o mundo”, disse Douglas Gresham, enteado de CS Lewis. “A Netflix parece ser o melhor meio para atingir esse objetivo, e estou ansioso para trabalhar com eles em direção a esse objetivo.

Nárnia é uma dessas propriedades raras que abrange várias gerações e geografias”, disse Mark Gordon, presidente da eOne e diretor de conteúdo da Film & Television. “A eOne e eu estamos empolgados em colaborar com a The CS Lewis Company e a Netflix, que têm a capacidade de traduzir o universo de Nárnia em uma programação estelar de duração e episódica. Mal podemos esperar para começar as múltiplas produções que vamos realizar.

No ano passado, foi anunciado que Joe Johnson (Capitão América: O Primeiro Vingador) foi contratado para assumir a direção de uma adaptação de As Crônicas de Nárnia: A Cadeira de Prata para a TriStar Pictures, uma divisão da Sony Pictures. Não se sabe se este longa permanece em desenvolvimento sob este novo acordo com a Netflix, ou se foi cancelado para abrir caminho para uma nova visão para a franquia. A pré-produção estava prevista para começar em junho passado, com as filmagens ocorrendo em dezembro para um lançamento em 2019.

O roteiro de A Cadeira de Prata foi adaptado por David Magee, o roteirista duas vezes indicado ao Oscar por As Aventuras de Pi e Em Busca da Terra do Nunca. Mark Gordon, Douglas Gresham, Vincent Sieber, e Melvin Adams foram anunciados como produtores.

A clássica série de sete romances que venderam mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo, e publicado em mais de 50 idiomas, de CS Lewis, "As Crônicas de Nárnia" começou com a publicação de "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa" em 1950. Mais seis romances (incluindo o prelúdio, 'O Sobrinho do Mago', e as sequências, 'O Cavalo e seu Menino', 'Príncipe Caspian', "A viagem do Peregrino da Alvorada', 'A Cadeira de prata' e 'A Última Batalha') foram lançados em seguida. O último título da série, "A Última Batalha", recebeu a maior marca de excelência em literatura infantil, o prestigioso Prêmio Carnegie.

No total, a franquia fez cerca de US$ 1,6 bilhão em bilheteria no mundo todo. A trilogia original foi estrelada por Georgie Henley, Skandar Keynes, William Moseley e Anna Popplewell como os irmãos Pevensie.




Deixe sua opinião:)