Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

Christopher Nolan “emocionado” com o desempenho de Tenet nas bilheterias

Ele abordou a sorte das bilheterias de Tenet. Nolan disse que estava “emocionado” pelo filme ter arrecadado quase US$ 350 milhões
Tenet


É o início de novembro e já se passaram dois meses desde que houve novos lançamentos importantes nos cinemas. Foi quando o Tenet de Christopher Nolan se tornou o primeiro blockbuster a estrear desde o início da pandemia do coronavírus. O filme arrecadou US$ 345 milhões em todo o mundo, o que não é nada (especialmente no meio de uma crise mundial de saúde), mas ainda muito abaixo das receitas de um típico lançamento de Nolan (Tenet ganhou menos nos cinemas do que qualquer filme de Nolan desde Insônia).

Nolan não disse nada sobre o lançamento e a recepção do filme, mas deu uma entrevista ao The Los Angeles Times sobre um novo livro sobre seu trabalho. Nele, ele abordou a sorte das bilheterias de Tenet. Nolan disse que estava “emocionado” pelo filme ter arrecadado quase US$ 350 milhões em todo o mundo, mas também observou que estava “preocupado que os estúdios estivessem tirando conclusões erradas de nosso lançamento.

Ele continuou...

... em vez de ver onde o filme funcionou bem e como isso pode fornecer a receita tão necessária, eles estão olhando onde não correspondeu às expectativas pré-COVID e começarão a usar isso como uma desculpa para fazer exibição levar todas as perdas da pandemia em vez de entrar no jogo e se adaptar - ou reconstruir nosso negócio, em outras palavras.

Certamente seria uma pena se os exibidores arcassem com todas as perdas sofridas pela pandemia. Mas seu baixo desempenho de bilheteria, especialmente nos Estados Unidos (onde arrecadou apenas US$ 53 milhões), assustou os estúdios de lançar seus outros grandes lançamentos esta temporada.

É mais ou menos isso que Nolan está dizendo na entrevista do Times - mas seus comentários de que os estúdios precisam "entrar no jogo" e "se adaptar" não parecem explicar o fato de todos esses filmes massivos - como Mulher Maravilha 1984, Viúva Negra e outros - já foram feitos por enormes quantias em dólares. Liberá-los para os cinemas agora e aceitar que eles não vão recuperar seus orçamentos não está se adaptando - é uma perda financeira enorme. A única maneira de se “adaptar” seria fazer mais filmes que poderiam ser lucrativos com US$ 50 milhões em receitas, algo que os grandes distribuidores têm sido cada vez menos aptos a fazer nos últimos anos - e exigiria anos de planejamento e desenvolvimento.

Isso pode ajudar os cinemas a longo prazo - mas não agora. Enquanto isso, com pouco mais para mostrar, Tenet está se apresentando nos cinemas abertos em todo o país.


Deixe sua opinião:)

Mostrar comentários 💬