Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

Novo “Planeta dos Macacos” vai homenagear o passado, diz diretor

O diretor Wes Ball se encarregou da difícil tarefa de dar continuidade a recente trilogia de Planeta dos Macacos, mas, de acordo com o próprio homem, parece que ele tem uma boa ideia de onde levar a série.
Planeta dos Macacos

O diretor Wes Ball se encarregou da difícil tarefa de dar continuidade a recente trilogia de Planeta dos Macacos, mas, de acordo com o próprio homem (através de sua conta no Twitter), parece que ele tem uma boa ideia de onde levar a série.

Vou dizer isso sobre os Macacos”, twittou Ball. “Eu cresci com o original e amo absolutamente a trilogia anterior. Eu só faria isso se sentisse que poderia oferecer algo especial e ainda honrar o que veio antes. Temos algo que está se moldando para ser um capítulo incrível para essa franquia.”  Em um tweet de acompanhamento, ele acrescentou: “Também não machuca eu ser amigo de todas as pessoas por trás desses filmes.”

Baseado no romance francês de Pierre Boulle, a história viu o surgimento de macacos inteligentes surgindo e dominando os seres humanos, com a franquia de filmes começando em 1968 com o sucesso estrelado por Charlton Heston que acompanhou um astronauta pousando em um planeta em que ele encontra uma civilização símia dominando homens e mulheres primitivos, apenas para descobrir no final que na verdade é a Terra após uma guerra nuclear.


O filme original foi um grande sucesso comercial e crítico, gerando inúmeras sequências, uma série de TV nos anos 70 e um remake sem brilho de 2001 dirigido por Tim Burton, seguido de uma aclamada trilogia reboot estrelada por Andy Serkis como o líder César. A trilogia terminou com Planeta dos Macacos: A Guerra de 2017, que Matt Reeves (The Batman) e Serkis disseram esperar fazer mais filmes na franquia, mas após a fusão, isso foi deixado em questão.

Após a aquisição da Fox pela Disney, foi discutido que um novo filme seria desenvolvido para a franquia que aconteceria no mesmo universo da trilogia reiniciada de Reeves, mas atualmente não está claro se o filme de Ball seguirá esses planos.

Ball fez sua estreia na direção com a adaptação de 2014 Maze Runner: Correr ou Morrer, que acabou sendo um sucesso de bilheteria e foi calorosamente recebida por críticos e público e gerou mais duas sequências para adaptar o restante da série, embora as continuações tenham recebido mais críticas mistas e retornos menores nas bilheterias.

O diretor de 39 anos de idade estava pronto para adaptar a série Os Pequenos Guardiões para a Fox, mas, devido ao alto preço, a Disney optou por arquivar o projeto, para o desgosto de Ball, o elenco reunido e os fãs ansiosos pelo filme.

Deixe sua opinião:)

Mostrar comentários 💬