Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

“Death Note 2”, da Netflix, continua vivo e em boas mãos, diz roteirista

Apesar de uma recepção morna da crítica internacional, a produção de US$ 40 milhões foi descrita como um sucesso “considerável” pelo diretor de conteúdo da Netflix Ted Sarandos.
Death Note 2

A continuação da adaptação live-action de Death Note da Netflix ainda está viva e emocionante, de acordo com o escritor do filme.

“Aprecie todos os check-ins dos fãs do #DeathNote”, disse o escritor Greg Russo no Twitter. “Tem algo muito legal em andamento para a franquia - ainda não posso falar sobre isso, mas ele está vivo e em boas mãos.”

Nenhum outro detalhe foi revelado sobre a sequência, incluindo se os atores originais retornarão. O filme original adotou uma abordagem muito diferente do seu material de origem, definindo a história nos EUA em oposição ao Japão, além de outras mudanças notáveis.

Apesar de uma recepção morna da crítica internacional, a produção de US$ 40 milhões foi descrita como um sucesso “considerável” pelo diretor de conteúdo da Netflix Ted Sarandos. O roteirista Greg Russo (dos inéditos reboots de Mortal Kombat e Resident Evil) está atualmente escrevendo o roteiro.

Dirigido por Adam Wingard (Você é o Próximo, A Bruxa de Blair, Godzilla vs Kong), Death Note foi estrelado por Nat Wolff (Cidade de Papel) como Light Turner; Margaret Qualley (Dois Caras Legais) como Mia Sutton; Keith Stanfield (Temporário 12) como "L"; Paul Nakauchi (O Grande Ataque) como Watari; com Shea Whigham (Trapaça) como James Turner, e Willem Dafoe (Homem-Aranha) como a voz de Ryuk o Shinigami - aka deus da morte.

Produzido por Roy Lee (O Chamado), Dan Lin (Sherlock Holmes), Jason Hoffs (No Limite do Amanhã), John Powers (Vizinhos) e Brendan Ferguson (Grandes Olhos), o filme estreou no Netflix em 25 de agosto de 2017.

Baseado no famoso mangá japonês escrito por Tsugumi Ohba e Takeshi Obata, Death Note segue um estudante do ensino médio que se depara com um caderno sobrenatural, percebendo que ele contém um grande poder; se o dono escreve o nome de alguém nele enquanto retrata seu rosto, ele ou ela morrerá. Intoxicado com suas novas habilidades divinas, o jovem começa a matar aqueles que julga indignos da vida.

Deixe sua opinião:)

Mostrar comentários 💬