Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

Militares dos EUA advertem sobre possível ameaça de tiroteio em sessões de “Coringa”

Tanto Phillips quanto o astro Joaquin Phoenix descartaram essas preocupações crescentes, dizendo que são injustificadas.
“Coringa”

As forças armadas dos EUA alertaram os militares a estarem atentos a possíveis tiroteios em massa nas exibições do próximo Coringa de Todd Phillips.

Segundo o Gizmodo, o alerta foi emitido depois que o FBI descobriu postagens nas mídias sociais relacionadas a extremistas classificados como “incels” sobre o filme. Os membros do serviço foram instruídos a “identificar duas rotas de fuga” ao entrar nos cinemas e, no caso de um ataque, “correr, esconder e brigar”. O FBI também observou que isso era apenas uma precaução e que eles não tinha conhecimento de quaisquer planos terroristas específicos ou suspeitos.

Fazemos isso rotineiramente porque a segurança de nossa força de trabalho é fundamental. Queremos que nossa força de trabalho esteja preparada e diligente em segurança pessoal, dentro e fora do local de trabalho”, disse um porta-voz do Exército.

Cunhado na década de 90, “incels” refere-se a homens “celibatários involuntários”, um grupo de indivíduos que acredita ter direito a parceiros românticos, mas lhes foi negado injustamente pela sociedade. Para alguns, essa raiva pode levar a tendências violentas, racistas e misóginas. No e-mail aos membros de seu serviço, o FBI observou que esses homens “idolatram o personagem Coringa, o palhaço violento da série Batman, admirando sua representação como um homem que deve fingir ser feliz, mas eventualmente luta contra os agressores”. James Holmes, o homem responsável pelo tiroteio de 2012 numa sessão de O Cavaleiro das Trevas Ressurge, foi homenageado pela comunicado após seu ataque.

O alerta ocorre quando a Warner Bros. lida com precauções sobre a potencial glorificação da violência no filme. O Century Aurora and XD, o mesmo cinema em que ocorreu o tiroteio de 2012, não exibirá o filme, e as famílias das vítimas do crime escreveram uma carta ao estúdio, compartilhando suas preocupações sobre o filme.

A Warner Bros. respondeu às preocupações com uma declaração que dizia: “Não se engane: nem o personagem fictício Coringa, nem o filme, são um endosso de qualquer tipo de violência no mundo real. Não é a intenção do filme, cineastas ou o estúdio para manter esse personagem como um herói”. Tanto Phillips quanto o astro Joaquin Phoenix descartaram essas preocupações crescentes, dizendo que são injustificadas.

O filme é estrelado por Joaquin Phoenix como o icônico vilão titular, juntamente à Zazie Beetz (Deadpool 2), Robert De Niro (Os Bons Companheiros), Bill Camp (A Grande Jogada), Frances Conroy (série Castle Rock), Brett Cullen (série Narcos), Glenn Fleshler (O Ano Mais Violento), Marc Maron (Quase Famosos), Josh Pais (Namoro ou Liberdade), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow), Dante Pereira-Olson (Você Nunca Esteve Realmente Aqui) e Shea Whigham (Kong: A Ilha da Caveira). O longa estreia nos cinemas em 3 de outubro.


Deixe sua opinião:)

Mostrar comentários 💬