Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

Chefe da Warner Bros. fala sobre o futuro do Universo DC, Matrix & Mad Max

Embora a Warner Bros. seja um grande estúdio, não tem encontrado o sucesso esmagador com franquias que seus concorrentes têm. No entanto, parece que Tsujihara e a empresa têm um plano para ajudar a criar um novo caminho.
DC, Matrix & Mad Max

Enquanto a Warner Bros. continua a se ajustar a uma cenário de entretenimento em constante mudança, o diretor executivo de cinema e TV do estúdio, Kevin Tsujihara, conversou com o LA Times para discutir sua estratégia atual. Ao longo do caminho, ele revelou um pouco do que podemos esperar dos futuros filmes DC, bem como o que está por vir de Mad Max e até mesmo uma nova franquia Matrix.

Ao abordar o universo cinematográfico da DC, que tem tido alguns pontos altos, mas várias turbulências ao longo do caminho, Tsujihara acredita que a próxima lista de filmes é o caminho que precisam seguir.
“Na próxima fase, com Shazam, Coringa, Mulher-Maravilha 1984 e Aves de Rapina, parece que estamos no caminho certo”, começou Tsujihara. “Nós temos as pessoas certas nos empregos certos trabalhando nisso. O universo [cinematográfico DC] não está tão conectado quanto pensamos que seria há cinco anos. Você está vendo muito mais foco em experiências individuais em torno de personagens individuais. Isso não quer dizer que, em algum momento, não voltaremos àquela noção de um universo mais conectado. Mas parece que essa é a estratégia certa para nós agora.”
Ele elogiou a diretora Patty Jenkins, que ajudou a entregar à Warner Bros. o primeiro filme bem sucedido neste universo como o blockbuster Mulher-Maravilha, de 2016. Ele diz que Jenkins “ilustrou para nós o que você podemos fazer com os personagens que não são Batman e Superman. Obviamente, queremos colocar esses dois no lugar certo e queremos filmes fortes em torno de Batman e Superman. Mas o Aquaman é um exemplo perfeito do que podemos fazer. Eles são únicos e o tom é diferente em cada filme.”

Assim, em vez de franquias concorrentes como o MCU e Star Wars, que possuem cronogramas bastantes rígidos, interconectando todas os seus capítulos individuais, os próximos filmes da DC terão uma abordagem diferente, menos preocupada com a ideia de se encaixar. Tsujihara também disse que “tentar fazer é cimentar a fundação e as relações com as pessoas que serão a próxima geração de Clint Eastwoods.” O astro de longa data, que manteve a popularidade em várias décadas, está servindo de modelo para o estúdio se concentrar mais nos personagens individuais de um filme, em vez de uma franquia arrogante.

Claro, não existe apenas filmes da DC na mente de Tsujihara. Ele também sugeriu mencionou algumas das franquias mais amadas do estúdio, que não são de super-heróis. “Temos franquias incríveis, como Matrix, para trabalhar”, disse Tsujihara. “Nós adoraríamos trabalhar com George Miller na promoção da franquia Mad Max”.

Embora a Warner Bros. seja um grande estúdio, não tem encontrado o sucesso esmagador com franquias que seus concorrentes têm. No entanto, parece que Tsujihara e a empresa têm um plano para ajudar a criar um novo caminho.


Deixe sua opinião:)