Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

Hobbs & Shaw | Produtor da franquia Velozes e Furiosos processa a Universal por quebra de contrato

Moritz está exigindo ser reintegrado como produtor principal do filme, ou receber um pagamento de “dezenas de milhões de dólares, em compensação”.
Velozes e Furiosos

O produtor da franquia Velozes e Furiosos, Neal Moritz, processou a Universal Pictures pelo derivado liderado por Jason Statham e Dwayne Johnson, Hobbs e Shaw, de acordo com o Deadline.

Moritz, que é fundador da Original Film, está processando o estúdio por quebra de contrato verbal e fraude promissória depois de ter sido expulso do primeiro derivado da franquia de ação. O depoimento do procurador Dale Kinsella, do Tribunal Superior de Los Angeles, dizia que “este caso apresenta um exemplo clássico da ganância de Hollywood”. Moritz está exigindo ser reintegrado como produtor principal do filme, ou receber um pagamento de “dezenas de milhões de dólares, em compensação”.

Parte da reclamação, que pode ser lida por completa aqui, diz: “Em uma demonstração extraordinária de má fé, e apenas alguns dias antes das filmagens de 'Hobbs e Shaw' começarem, a Universal assumiu uma posição que Moritz teve que corrigir. O produtor teria que aceitar termos financeiros substancialmente inferiores ou ser completamente excluído da produção. Notavelmente, apesar de Moritz ter uma completa proteção 'participação-ou-pagamento' em todos os seus últimos negócios na franquia VF e ter se baseado nas promessas orais da Universal, a Universal também assumiu a extraordinária posição de explorar as idéias de Moritz para 'Hobbs e Shaw' e seu produto de trabalho durante um período de aproximadamente um ano e meio, sem honrar seu contrato de produtor oral”.

A queixa explica que Moritz foi retirado em 7 de setembro do projeto depois que o produtor não concordou com a redução na compensação. O documento também afirma que houve um acordo verbal feito com a presidente da Universal, Donna Langley, e com o presidente Jimmy Horowitz, de que Moritz receberia “US$ 2 milhões em compensação fixa aplicável a uma participação bruta de 6%”.

A Universal ainda não comentou sobre o pedido de reivindicação. Hobbs e Shaw continua em produção e deve chegar aos cinemas em 1 de agosto de 2019.


Deixe sua opinião:)