Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

Warner vende “Mogli: O Livro da Selva” para a Netflix

Em uma mudança inesperada que reforça a nova era para o cinema, a Warner Bros. Pictures vendeu os direitos mundiais de Mogli: O Livro da Selva, do diretor Andy Serkis, para a Netflix.

Em uma mudança inesperada que reforça a nova era para o cinema, a Warner Bros. Pictures vendeu os direitos mundiais de Mogli: O Livro da Selva, do diretor Andy Serkis, para a Netflix.

A nova versão do clássico de Rudyard Kipling, que promete um tom mais sombrio do que o filme mais recente da Disney, não será mais lançado nos cinemas em outubro de 2018, e será direcionado ao serviço de streaming em 2019. O Deadline deu a notícia em comunicado de Serkis, que também ressalta suas esperança de um lançamento limitado nos cinema para a versão 3D do filme.

Estou muito empolgado pelo Netflix ter obtido Mogli”, disse Serkis sobre sua estréia como diretor. “Agora, evitaremos comparações com o outro filme e é um alívio não ter pressão. Eu vi a versão 3D, e é excepcional, uma visão diferente da versão 2D, realmente exuberante e com grande profundidade, e haverá algum tipo de versão para os cinemas. O que mais me entusiasma é o pensamento avançado na Netflix em como apresentar isso e a mensagem do filme. Eles entendem que isso é um longa mais sombrio e que não cabe em uma tela de quatro quadrantes. Não é para crianças pequenas, mas acho que é possível que 10 ou mais possam assistir… Acho que essa é a maior aquisição deles, é um grande filme. Mas eu nunca olhei para ele como um grande filme blockbuster. É difícil quantificar. Tem a escala de um blockbuster, mas está em algum lugar entre 'As Aventuras de Pi' e um filme 'Planeta dos Macacos'. Tem essa realidade, o mesmo que 'Okja' tinha. Estamos falando de 2019 e analisando datas”.


O filme tem roteiro assinado por Callie Kloves, e é produzido por Serkis e Steve Kloves (Harry Potter).
Combinando live-action e captura de performance, a história segue a criação da criança humana Mowgli (Rohan Chand), criada por uma matilha de lobos nas selvas da Índia. Conforme ele aprende as regras muitas vezes duras da selva, sob a tutela de um urso chamado Baloo (Andy Serkis) e uma pantera chamada Bagheera (Christian Bale), Mowgli torna-se aceito pelos animais da selva como um dos seus próprios. Todos menos um: o temível tigre Shere Khan (Benedict Cumberbatch). Mas pode haver perigos maiores à espreita na selva, já que Mowgli fica cara a cara com suas origens humanas. Os personagens centrais da outra história são: Kaa, a cobra (Cate Blanchett); o líder do bando de lobos, Akela (Peter Mullan); a hiena sequestradora, Tabaqui (Tom Hollander); Nisha, a loba (Naomie Harris), que adota o bebê Mowgli como um de seus filhotes; a companheira de Nisha, Vihaan (Eddie Marsan); e o irmão de Mowgli, Wolf (Jack Reynor). Freida Pinto e Matthew Rhys também estrelam.
O rival da Walt Disney Studios, Mogli: O Menino Lobo, dirigido por Jon Favreau, arrecadou mais de US$ 966 milhões no mundo todo em 2016, embora Serkis tenha dito que sua versão irá distinguir-se.


Deixe sua opinião:)