Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

CCXP17 - Marvel, Star Wars: Os Ultimos Jedi, Jurassic World e Novos Mutantes

Do dia 7 ao dia 10 de dezembro aconteceu oficialmente a Comic Con Experience 2017 em São Paulo, trazendo diversos artistas nacionais e internacionais, assim como incontáveis atrações e variados grupos de pessoas se sentindo em casa
CCXP 2017 - Marvel, Star Wars: Os Ultimos Jedi, Jurassic World e Novos Mutantes
Imagens: Daniel Deàk Fotografia
Do dia 7 ao dia 10 de dezembro aconteceu oficialmente a Comic Con Experience 2017 em São Paulo, trazendo diversos artistas nacionais e internacionais, assim como incontáveis atrações e variados grupos de pessoas se sentindo em casa, como um verdeiro tipo de tribo. Sendo justamente este tipo de atmosfera um dos principais e mais gratificantes elementos da maior feira geek do mundo.


Uma das coisas mais marcantes da feira já se destaca justamente no comportamento das pessoas ao longo da exposição. Inicialmente pelos diversos cosplayers, tanto dos mais bem trabalhados aos mais divertidamente criativos, em sua maioria fazendo questão de encarnar seus personagens homenageados. Ao mesmo tempo, toda a histeria e empolgação com os painéis, estandes e atrações da feira colaboraram para tornar a CCXP o mais inesquecível e familiar possível.



Um dos grandes destaques da feira 2017 foi a Marvel. Ao começar por dois dos maiores estandes presentes: Pantera Negra e o aguardadíssimo Vingadores - Guerra Infinita. O primeiro exibe o uniforme oficial de T'challa em uma estátua tamanho real, seguido por um telão com a exibição do trailer e algumas entrevistas com elenco e produção. Para completar, o trono de Wakanda dava um toque real e chamativo às belas cores azuis do painel. Logo na parte de trás, o estande de Vingadores era mais humilde, mas ainda destacando-se dos demais. Com um busto do super-vilão Thanos e a exibição dos uniformes oficiais de Thor, Senhor das Estrelas e Capitão América (este com seu legítimo escudo de vibranium) também em estátuas tamanho real, o trailer ficou de fora do estande.

Além disso, a Marvel brilhou e fez história em seu painel no auditório principal da feira. Com um trailer estendido e empolgante de Vingadores 3 destacando os principais encontros dos personagens (entre eles a aparição dos amados Guardiões da Galáxia na Terra), sem dúvidas um dos momentos mais vibrados de toda a CCXP. Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios, deu as caras via satélite e foi ovacionado pelo público gigantesco falando um pouco sobre o futuro dos filmes do estúdio. Feige afirmou uma aliança entre Loki e Thanos para o terceiro capítulo dos heróis mais poderosos da Terra e reforçou a possibilidade dos protagonistas partirem para o espaço, caso sobrevivam à Guerra Infinita.



A atriz Danai Gurira (The Walking Dead) também participou do painel, mas diferente de Feige, a intérprete de Michonne esteve em carne e osso para falar sobre o aguardado Pantera Negra. A atriz falou sobre a responsabilidade e representatividade do filme e ainda aproveitou para contar as origens de sua personagem Okoye. Segundo Gurira, se trata de uma mulher muito forte e, assim como o povo brasileiro, apaixonada pelo seu país e pela cultura de Wakanda. O diretor Ryan Coogler também apareceu via streaming para falar um pouco sobre o filme. Coogler manifestou amor pelo Brasil e elogiou o filme Cidade de Deus, além de falar de algumas cenas de ação de Pantera Negra e destacar a trilha sonora como um personagem secundário que ajuda a expressar a cultura africana como característica importante do filme.

No final do painel, novos detalhes sobre Homem-Formiga e a Vespa foram mostrados. Um divertido vídeo foi exibido no telão ironizando filmes como Batman: O Retorno e o Quarteto Fantástico de Gareth Evans, destacando o bom humor do primeiro filme. Além disso, foi exibidio um material ainda não finalizado revelando Paul Rudd e Evangeline Lilly, seguido de algumas artes conceituais.

Ainda na Disney, Star Wars: Os Ultimos Jedi também não ficou para trás na CCXP. Com um grande estande com um adorável BB8 roubando a cena e milhares de fotos seguidas de filas enormes, havia ainda uma tela passando cenas dos bastidores e entrevistas com elenco e produção, exclusivo para a feira.



O painel, por outro lado, foi bem mais curto que o da Marvel, mas nem por isso deixou de empolgar os fãs presentes. Uma emocionante e essencial homenagem à atriz Carrie Fisher (falecida em dezembro de 2016) foi exibiba em um vídeo com cenas da princesa Leia nos filmes e algumas imagens de seu arquivo pessoal, além de algumas belas palavras do diretor Rian Johnson.

Mark Hamill (intérprete de Luke Skywalker) respondeu algumas perguntas a respeito da caracterização de seu personagem através de um vídeo, destacando a semelhança com o figurino usado por Obi-wan Kenobi. O ator ainda aproveitou para falar sobre a magia que sempre foi gravar Star Wars. Em seguida, a atriz Daisy Ridley (Rey) revelou o quanto a aceitação e carinho que recebeu dos fãs a ajudou a se sentir pronta para dar vida novamente a sua personagem. John Boyega (Finn) também enviou uma mensagem parecida, destacando a facilidade e naturalidade de interpretar seu personagem uma segunda vez.

Rian Johnson disse que seu plano era entregar uma experiência nova e surpreendente ao filme, e que sentiu o peso da responsabilidade por ser um grande fã da franquia.

Outra franquia de sucesso que marcou a CCXP para sempre foi Jurassic Park. Tendo um painel exclusivo para o lançamento mundial do primeiro trailer de Jurassic World: Reino Ameaçado, o evento se iniciou com uma orquestra tocando a música referente à Universal Pictures. A mesma orquestra tocou a trilha sonora original de Jurassic Park, composta por John Williams, e emocionou o público no auditório.

Mais um momento inesquecível foi o recado especial enviado em vídeo pelo grande Steven Spielberg, destacando sua paixão por dinossauros e seu orgulho pelo caminho que sua obra cinematográfica estava tomando com Jurassic World. Em seguida, um vídeo com cenas de bastidores foi exibido, além de um trailer com um ar mais sombrio repleto de ação e suspense.

O diretor J.A Bayona também marcou presença na CCXP, não só por sua participação no painel, mas também por sua ousadia de andar pela feira fantasiado de dinossauro e tirar diversas fotos. No auditório, Bayona comentou sobre estar honrado em dirigir um filme da franquia Jurassic Park, pois assistia aos filmes desde pequeno.

Colin Trevorrow, diretor do primeiro longa e roteirista de Reino Ameaçado, também comentou a renovação da franquia, destacando o fato de se manter viva mesmo após 25 anos, sem descaracterizar a história. O retorno de Jeff Goldblum também foi pauta, destacando seu talento em fazer cada take de forma única.



Tanto o diretor quanto o roteirista fizeram empolgantes promessas sobre o novo filme. Bayona destacou que Reino Ameaçado terá o maior número de dinossauros de toda a franquia, enquanto Trevorrow reforçou a maior cena de ação já feita nos filmes dos dinossauros. Também foi comentada a presença de um dilema moral em relação a salvar aqueles que nos tentaram destruir, pois agora os próprios dinossauros correm perigo com a destruição da ilha.

No painel da Fox, um dos maiores destaques foi Novos Mutantes, contando com a presença da atriz Alice Braga, o ator Henry Zaga, o diretor Josh Boone e o roteirista Knate Lee. Braga comentou um pouco sobre sua personagem: a Dra. Cecilia Reyes, responsável por cuidar dos mutantes que estão confinados em um laboratório secreto com o objetivo de controlar os seus poderes. Zaga contou sobre interpretar o primeiro herói brasileiro dos cinemas (Mancha Solar) e revelou que seu personagem terá a mesma origem das HQ's: um jogador de futebol que sofre um acidente e é enviado para os cuidados da personagem de Alice Braga.



Para a empolgação do público, uma cena inédita foi exibida no painel mostrando os novos mutantes fazendo descobertas intrigantes sobre seus colegas com um detector de mentiras. A atmosfera do trailer é bem humorada e se diferencia bastante do clima de terror apresentado no primeiro trailer do longa. Enquanto isso, algumas cenas vão passando destacando os poderes de cada personagem, dando um foco maior na Magia de Anya Taylor-Joy, aparentemente sendo a única segura de seus poderes, tendo matado 18 homens.


Deixe sua opinião:)