Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegação

Jonathan Demme, diretor de O Silêncio dos Inocentes, morre aos 73 anos

Em 1991, Demme foi premiado com o Oscar de Melhor Direção pela adaptação O Silêncio dos Inocentes, que continua sendo um dos três filmes que conquistaram as cinco categorias principais na cerimônia
Jonathan Demme, diretor de O Silêncio dos Inocentes, morre aos 73 anos


De acordo com o Indiewire o diretor Jonathan Demme, vencedor do Oscar, morreu esta manhã em Nova York aos 73 anos de idade depois de sofrer de câncer de esôfago e complicações de doenças cardíacas.

Demme começou sua carreira em meados da década de 1970 trabalhando em uma série de filmes de baixo orçamento para o New World Pictures, de Rogern Corman, incluindo Celas em Chamas, Loucura da Mamãe e Pelos Meus Direitos. Ele rapidamente se tornou um dos favoritos do estúdio, dirigindo Nas Ondas do Rádio para a Paramount em 1977, Melvin e Howard para a Universal em 1980 e Armas e Amores para a Warner Bros. em 1984.

Foi também na década de 1980 que Demme começou a trabalhar com documentários, dirigindo Stop Making Sense.

Em 1991, Demme foi premiado com o Oscar de Melhor Direção pela adaptação O Silêncio dos Inocentes, que continua sendo um dos três filmes que conquistaram as cinco categorias principais na cerimônia (Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro, Melhor Ator e Melhor Atriz). Depois disso, dirigiu Filadélfia com Denzel Washington  e Tom Hanks - que ganhará seu primeiro Oscar. Ele mais tarde se reuniria com Washington para o remake Sob o Domínio do Mal.

Recentemente, Demme dirigiu os filmes O Casamento de Rachel, para o qual Anne Hathaway foi nomeada para um Oscar, e Ricki e Flash: De Volta Para Casa com Meryl Streep.

O diretor também trabalhou para a TV em episódios de The Killing, A Gifted Man, Saturday Night Live, Columbo e um episódio inédito de Shots Fired da Fox.

Demme vivia com sua esposa Joanne Howard e três filhos, Ramona, Brooklyn e Jos.


Divulgaí

Deixe sua opinião:)