Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

“Benzinho” é o grande vencedor do 18º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Em noite de homenagem a Zezé Motta, com participação de Ney Matogrosso, o longa foi premiado em seis categorias
“Benzinho”

Foram anunciados na noite desta quarta-feira (14 de agosto), no Theatro Municipal de São Paulo, os vencedores do 18º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. O grande vitorioso foi o filme Benzinho, dirigido por Gustavo Pizzi, com seis prêmios, nas categorias Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Original e Melhor Montagem de Ficção. Logo depois, O Grande Circo Místico, que levou o troféu Grande Otelo em Melhor Direção de Fotografia, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem e Melhor Efeito Visual. O terceiro filme com mais estatuetas foi Chacrinha: O Velho Guerreiro, que levou os prêmios de Melhor Ator, Melhor Som e Melhor Longa-Metragem de Ficção - Voto Popular.

Este ano, o GP premiou em 34 categorias, sendo quatro inéditas: melhor filme ibero-americano lançado no Brasil e as melhores séries brasileiras de produção independente de ficção, documentário e animação exibidas na TV por assinatura e no OTT. A disputa reuniu 74 longas de ficção, 67 longas documentários, dois longas infantis, 55 curtas nacionais, além de 43 longas estrangeiros e 11 longas ibero-americanos. Ao todo, 1986 profissionais foram inscritos na disputa e mais de 200 concorreram ao Troféu Grande Otelo.

Com transmissão ao vivo para todo o país pelo Canal Brasil, a cerimônia dirigida por Ivan Sugahara e apresentada por Rodrigo Pandolfo, André Ramiro e Juliana Linhares teve como pontos altos a homenagem à Zezé Motta, que recebeu o prêmio pelas mãos de Lázaro Ramos e Tais Araújo, enaltecendo sua militância à causa negra nas artes. A platéia também se emocionou com a apresentação de Ney Matogrosso, que cantou “Um Pouco de Calor”, trilha do filme “Ralé” (2015), estrelado pelo próprio cantor. Em uma cerimônia conduzida pelo casamento entre música e cinema e embalada por algumas das principais canções originais especialmente produzidas para produções cinematográficas, João Gilberto – o pai da Bossa Nova - foi lembrado com ‘Chega de Saudade’, interpretada por Ayrton Montarroyos.

A cerimônia teve a presença de cineastas, atrizes, atores, produtores, distribuidores, exibidores, profissionais do audiovisual e de autoridades como o prefeito de São Paulo, Bruno Covas; o secretário de Cultura do Município de São Paulo, Alê Youssef; o secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão; e Lais Bodanzky, presidente da Spcine.

A Academia Brasileira de Cinema é presidida por Jorge Peregrino e a diretoria é composta por Paulo Mendonça (diretor vice-presidente), Bárbara Paz (diretora secretária), Alexandre Duvivier (diretor financeiro) e Iafa Britz (diretora social).

A votação sigilosa da premiação teve apuração da PWC.

Confira a lista de vencedores abaixo:

I – LONGA-METRAGEM

MELHOR LONGA-METRAGEM - FICÇÃO
  • A VOZ DO SILÊNCIO de André Ristum. Produção: André Ristum por Sombumbo, Pablo Torrecillas e Rodrigo Castellar por TC Filmes
  • VENCEDOR: BENZINHO de Gustavo Pizzi. Produção: Tatiana Leite por Bubbles Project, Gustavo Pizzi por Baleia Filmes, Agustina Chiarino Voulminot e Fernando Epstein por Mutante Cine, Roberto Berliner e Rodrigo Letier por TvZero
  • CHACRINHA: O VELHO GUERREIRO de Andrucha Waddington. Produção: Angelo Salvetti, Cosimo Valerio, Altino Pavan por Media Bridge e Andrucha Waddington
  • O GRANDE CIRCO MÍSTICO de Carlos Diegues. Produção: Renata Almeida Magalhães por Luz Mágica produções
  • O PACIENTE: O CASO TANCREDO NEVES de Sergio Rezende. Produção: Mariza Leão por Morena Filmes
MELHOR LONGA-METRAGEM - DOCUMENTÁRIO
  • A LUTA DO SÉCULO de Sérgio Machado. Produção: Eliane Ferreira por Muiraquitã Filmes, Joana Mariani por Mar Filmes, Diana Gurgel por Ondina Filmes, Lázaro Ramos e Tânia Rocha por Lata Filmes
  • VENCEDOR: EX PAJÉ de Luiz Bolognesi. Produção: Caio Gullane e Fabiano Gullane por Gullane e Laís Bodanzky e Luiz Bolognesi por Buriti Filmes
  • MY NAME IS NOW, ELZA SOARES de Elizabete Martins Campos. Produção: Elizabete Martins Campos e Tatiana Tonucci por IT Filmes, Comunicação e Entretenimento Ltda.
  • O PROCESSO de Maria Augusta Ramos. Produção: Maria Augusta Ramos por Nofoco Filmes
  • TODOS OS PAULOS DO MUNDO de Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira. Produção: Vania Catani por Bananeiras Filmes
MELHOR LONGA-METRAGEM INFANTIL
  • VENCEDOR: DETETIVES DO PRÉDIO AZUL 2 - O MISTÉRIO ITALIANO de Viviane Jundi. Produção: Marcio Fraccaroli, Sandi Adamiu e André Fraccaroli por Paris Entretenimento
  • O COLAR DE CORALINA de Reginaldo Gontijo. Produção: Reginaldo Gontijo por Digitalina Produção de Filme e Niria Cleire Pereira Dias por LV Produção de Distribuição ltda
MELHOR LONGA-METRAGEM COMÉDIA
  • VENCEDOR: MINHA VIDA EM MARTE de Susana Garcia. Produção: Luiz Noronha por A Fábrica Entretenimento
  • MULHERES ALTERADAS de Luis Pinheiro. Produção: Andrea Barata Ribeiro e Bel Berlinck por O2 Filmes
  • NÃO SE ACEITAM DEVOLUÇÕES de André Moraes Torres. Produção: Marcos Didonet, Vilma Lustosa e Walkiria Barbosa por Total Entertainment
  • OS FAROFEIROS de Roberto Santucci. Produção: André Carreira por Camisa Listrada e Roberto Santucci por Panorama Filmes
  • TODAS AS RAZÕES PARA ESQUECER de Pedro Coutinho. Produção: Heitor Dhalia e Egisto Betti por Paranoid Filmes
  • UMA QUASE DUPLA de Marcus Baldini. Produção: Bianca Villar, Fernando Fraiha e Karen Castanho por Biônica Filmes, Marcio Fraccaroli e Sandi Adamiu por Paris Entretenimento
MELHOR DIREÇÃO
  • ALY MURITIBA por Ferrugem
  • ANDRUCHA WADDINGTON por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • CAROLINA JABOR por Aos Teus Olhos
  • GABRIELA AMARAL ALMEIDA por O Animal Cordial
  • VENCEDOR: GUSTAVO PIZZI por Benzinho
MELHOR ATRIZ
  • ADRIANA ESTEVES como MARIA por Canastra Suja
  • DÉBORA FALABELLA como SELMINHA por O Beijo no Asfalto
  • GRACE PASSÔ como GLORIA por Praça Paris
  • VENCEDORA: KARINE TELES como IRENE por Benzinho
  • MARJORIE ESTIANO como ANA por As Boas Maneiras
MELHOR ATOR
  • DANIEL DE OLIVEIRA como EDER JOFRE por 10 Segundos para Vencer
  • LÁZARO RAMOS como ARANDIR por O Beijo no Asfalto
  • MURILO BENÍCIO como INÁCIO por O Animal Cordial
  • OTÁVIO MÜLLER como KLAUS por Benzinho
  • OTHON BASTOS como TANCREDO NEVES por O Paciente: O Caso Tancredo Neves
  • VENCEDOR: STEPAN NERCESSIAN como CHACRINHA por Chacrinha: O Velho Guerreiro
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
  • VENCEDOR: ADRIANA ESTEVES como SÔNIA por Benzinho
  • FERNANDA MONTENEGRO como DONA MATILDE por O Beijo no Asfalto
  • GILDA NOMACCE como GILDA por As Boas Maneiras
  • LAURA CARDOSO como POCARU por Encantados
  • MARJORIE ESTIANO como MILENE por Paraiso Perdido
  • SANDRA CORVELONI como ANGELINA por 10 Segundos para Vencer
MELHOR ATOR COADJUVANTE
  • AILTON GRAÇA como JOÃO HANEMMAN por Mare Nostrum
  • ENRIQUE DIAZ como DAVI por Ferrugem
  • VENCEDOR: MATHEUS NACHTERGAELE como LUCIANO por O Nome da Morte
  • MILHEM CORTAZ como CELSO por Canastra Suja
  • OTÁVIO MÜLLER como AMADO RIBEIRO por O Beijo no Asfalto
  • OTÁVIO MÜLLER como DR. RENAULT por O Paciente: O Caso Tancredo Neves
MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA
  • FERNANDO YOUNG por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • GUSTAVO HADBA, ABC, por Motorrad
  • VENCEDOR: GUSTAVO HADBA, ABC, por O Grande Circo Místico
  • LULA CARVALHO, ASC/ABC, por 10 Segundos para Vencer
  • MAURO PINHEIRO JR por Unicórnio
  • WALTER CARVALHO, ABC, por O Beijo no Asfalto
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
  • ALY MURITIBA e JÉSSICA CANDAL por Ferrugem
  • ANDRÉ RISTUM por A Voz do Silêncio
  • CLAUDIO PAIVA, JULIA SPADACCINI e CARLA FAOUR por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • GABRIELA AMARAL ALMEIDA por O Animal Cordial
  • JULIANA ROJAS e MARCO DUTRA por As Boas Maneiras
  • VENCEDOR: KARINE TELES e GUSTAVO PIZZI por Benzinho
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
  • VENCEDOR: CARLOS DIEGUES e GEORGE MOURA inspirado no poema “O Grande Circo Místico”, de Jorge de Lima por O Grande Circo Místico
  • FELIPE HIRSCH Baseado no livro “Severina”, de Rodrigo Rey Rosa por Severina
  • GUSTAVO LIPSZTEIN adaptado da obra “O Paciente, o caso Tancredo Neves”, de Luis Mir por O Paciente: O Caso Tancredo Neves
  • JORGE FURTADO, ANA LUIZA AZEVEDO e VICENTE MORENO adaptado da obra “Rasga Coração”, de Oduvaldo Vianna Filho por Rasga Coração
  • MURILO BENÍCIO adaptado da obra “O Beijo no Asfalto”, de Nelson Rodrigues por O Beijo no Asfalto
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
  • ANDRÉ WELLER por Unicórnio
  • VENCEDOR: ARTUR PINHEIRO por O Grande Circo Místico
  • DINA SALEM LEVY por Benzinho
  • MARCOS FLAKSMAN por O Paciente: O Caso Tancredo Neves
  • RAFAEL TARGAT por Chacrinha: O Velho Guerreiro
MELHOR FIGURINO
  • DIANA LESTE por Benzinho
  • FLÁVIA LHACER por O Doutrinador - O Filme
  • VENCEDOR: KIKA LOPES por O Grande Circo Místico
  • KIKA LOPES por O Paciente: O Caso Tancredo Neves
  • MARCELO PIES por 10 Segundos para Vencer
  • MARCELO PIES por Chacrinha: O Velho Guerreiro
MELHOR MAQUIAGEM
  • ADRIANO MANQUES por O Paciente: O Caso Tancredo Neves
  • ANDRÉ ANASTÁCIO por O Animal Cordial
  • VENCEDOR: CATHERINE LEBLANC CARAES e EMMANUELLE FÈVRE por O Grande Circo Místico
  • MARLENE MOURA por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • MARTÍN MACÍAS TRUJILLO por 10 Segundos para Vencer
MELHOR EFEITO VISUAL
  • CLAUDIO PERALTA por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • CYRILLE BONJEAN, GUILHERME RAMALHO, HUGO GURGEL, GUILLAUME CASTAGNÉ, NICOLAS HERLIN e EDUARDO SCHAAL por As Boas Maneiras
  • VENCEDOR: MARCELO SIQUEIRA, ABC e THIERRY DELOBEL por O Grande Circo Místico
  • MARCELO SIQUEIRA, ABC, por Motorrad
  • MARCO PRADO por O Doutrinador - O Filme
MELHOR MONTAGEM - FICÇÃO
  • GUSTAVO GIANI por A Voz do Silêncio
  • IDÊ LACRETA por O Animal Cordial
  • VENCEDOR: LIVIA SERPA por Benzinho
  • LUCAS GONZAGA por Motorrad
  • MAIR TAVARES e DANIEL GARCIA por O Grande Circo Místico
  • THIAGO LIMA por Chacrinha: O Velho Guerreiro

MELHOR MONTAGEM - DOCUMENTÁRIO
  • VENCEDOR: GUSTAVO RIBEIRO e RODRIGO DE OLIVEIRA por Todos os Paulos do Mundo
  • KAREN AKERMAN por O Processo
  • KAREN HARLEY por Hilda Hilst pede Contato
  • LORENA ORTIZ e PABLO PANIAGUA por My Name is Now, Elza Soares
  • NATARA NEY por A Última Abolição
  • RICARDO FARIAS por Ex Pajé
  • YAN MOTTA por Soldados do Araguaia

MELHOR SOM
  • CHRISTOPHE PENCHENAT, A.F.S.I, SIMONE PETRILLO e EMMANUEL CROSET por O Grande Circo Místico
  • GABRIELA CUNHA, BERNARDO UZEDA e CHRISTOPHE VINGTRINIER por As Boas Maneiras
  • GABRIELA CUNHA, DANIEL TURINI e FERNANDO HENNA por O Animal Cordial
  • GEORGE SALDANHA, ROBERTO FERRAZ e ANDRE TADEU por Legalize Já – A Amizade Nunca Morre
  • JORGE REZENDE, EDUARDO HAMERSCHLAK, ALAN ZILLI e ARMANDO TORRES JR, ABC, por O Doutrinador - O Filme
  • VENCEDOR: JORGE SALDANHA, ARMANDO TORRES JR, ABC, ALESSANDRO LAROCA, EDUARDO VIRMOND LIMA e RENAN DEODATO por Chacrinha: O Velho Guerreiro

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
  • ANTONIO PINTO por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • ANTONIO PINTO por O Banquete
  • BERNA CEPPAS por 10 Segundos para Vencer
  • EDU LOBO por O Grande Circo Místico
  • VENCEDOR: ELZA SOARES e ALEXANDRE MARTINS por My Name is Now, Elza Soares

MELHOR TRILHA SONORA
  • FABIO GÓES por Detetives do Prédio Azul 2 O Mistério Italiano
  • FREJAT, LEONI e VINICIUS CANTUÁRIA por Intimidade entre Estranhos
  • MARIA GADÚ por Todas as Canções de Amor
  • MAURICIO NADER por Rasga Coração
  • SINAI SGANZERLA por O Desmonte do Monte
  • YAN MOTTA por Soldados do Araguaia
  • VENCEDOR: ZECA BALEIRO por Paraíso Perdido

MELHOR LONGA METRAGEM ESTRANGEIRO
  • A FORMA DA ÁGUA/The Shapeof Water (EUA), dirigido por Guillermo del Toro. Distribuição: Fox Filmes
  • BOHEMIAN RHAPSODY/Bohemian Rhapsody EUA), dirigido por Bryan Singer. Distribuição: Fox Filmes
  • EU, TONYA/I' Tonya (EUA), dirigido por Craig Gillespie. Distribuição: Califórnia Filmes
  • VENCEDOR: INFILTRADO NA KLAN/ Blackkklansman (EUA), dirigido por Spike Lee. Distribuição: Universal Pictures
  • ME CHAME PELO SEU NOME/ Call me by Your Name (EUA), dirigido por Luca Guadagnino. Distribuição: Sony Pictures
  • NASCE UMA ESTRELA/A Star is Born (EUA), dirigido por Bradley Cooper. Distribuição: Warner Bros
  • THE SQUARE - ARTE DA DISCÓRDIA/The Square (Suécia, Alemanha, França, Dinamarca), dirigido por Ruben Östlund. Distribuição: Pandora Filmes
  • TRÊS ANÚNCIOS PARA UM CRIME/ Three Bilboards Outside Missouri (EUA), dirigido por Martin McDonagh. Distribuição: Fox Filmes

MELHOR LONGA METRAGEM IBERO-AMÉRICANO
  • A NOIVA DO DESERTO/La Novia Del Desierto (Argentina), dirigido por Cecilia Atán e Valeria Pivato. Distribuição: Imovision
  • ALGUÉM COMO EU (Brasil, Portugal), dirigido por Leonel Vieira. Distribuição: Paris Filmes
  • AS HERDEIRAS/ Las Herederas (Paraguai, Alemanha, Brasil, Uruguai, Noruega, França), dirigido por Marcelo Martinessi. Distribuição: Imovision
  • CACHORROS/Los Perros (Chile), dirigido por Marcela Said. Distribuição: Imovision
  • VENCEDOR: UMA NOITE DE 12 ANOS/La Noche de 12 Años (Argentina, Espanha, Uruguai), dirigido por Álvaro Brechner. Distribuição: Vitrine Filmes

II – CURTA-METRAGEM

MELHOR CURTA-METRAGEM ANIMAÇÃO
  • AQUÁRIO de Alice Andreoli Hirata
  • GUAXUMA de Nara Normande
  • VENCEDOR: LÉ COM CRÉ de Cassandra Reis
  • O MALABARISTA de Iuri Moreno
  • SOBRE A GENTE de Alunos do Projeto Animação

MELHOR CURTA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO
  • AZUL VAZANTE de Júlia Alquéres
  • COPACABANA AUSCHWITZ de Jaiê Saavedra
  • VENCEDOR: COR DE PELE de Livia Perini
  • MARÉ de Amaranta Cesar
  • UM CORPO FEMININO de Thais Fernandes

MELHOR CURTA-METRAGEM - FICÇÃO
  • ADEUS À CARNE de Julia Anquier
  • NOVA IORQUE de Leo Tabosa
  • O MENINO PÁSSARO de Diogo Leite
  • VENCEDOR: O ÓRFÃO de Carolina Markowicz
  • PERIPATÉTICO de Jessica Queiroz
III – VOTO POPULAR

MELHOR LONGA-METRAGEM FICÇÃO
VENCEDOR: Chacrinha: O Velho Guerreiro

MELHOR LONGA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO
VENCEDOR: My Name is Now

MELHOR LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO
VENCEDOR: Nasce Uma Estrela

MELHOR LONGA-METRAGEM IBERO-AMERICANO
VENCEDOR:  Uma Noite de 12 Anos


Deixe sua opinião:)

Mostrar comentários 💬