Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

Liam Neeson negocia para se juntar ao elenco do novo “MIB: Homens de Preto”

Caso Neeson assine, ele vai se juntar à Chris Hemsworth e Tessa Thompson, que se reencontram depois de estrelarem Thor: Ragnarok.
Liam Neeson

A Variety está relatando que o ator indicado ao Oscar Liam Neeson (Busca Implacável, A Lista de Schindler) está em negociações para se juntar ao elenco do reboot da franquia MIB: Homens de Preto, supostamente assumindo o papel de chefe da filial londrina do MIB.

Esta não seria a primeira vez que Neeson teria um papel ao lado de extraterrestres, tendo aparecido anteriormente em Star Wars: Episódio I - A Ameaça Fantasma, bem como na adaptação do jogo de tabuleiro da HASBRO Battleship - Batalha dos Mares.

Caso Neeson assine, ele vai se juntar à Chris Hemsworth e Tessa Thompson, que se reencontram depois de estrelarem Thor: Ragnarok.

Segundo o THR, o filme se passará em Londres e será centrado em uma nova combinação de personagens que incluem “um personagem branco, uma mulher negra e um homem mais velho”.

F. Gary Gray, que dirigiu recentemente Velozes e Furiosos 8 e Straight Outta Compton: A História do N.W.A., assume a direção.

O filme não contará com Will Smith ou Tommy Lee Jones, mas expandirá o mundo da trilogia original. Este será um projeto diferente do crossover com a franquia Anjos da Lei, MIB 23, que Jonah Hill admitiu no ano passado ser “muito complicado” em termos de negócios. Esse filme continua em desenvolvimento, no entanto.

O novo filme intitulado apenas Men in Black foi escrito por Matt Holloway e Art Marcum (Homem de Ferro), com o lançamento agendando para 13 de junho de 2019. Os produtores da série, Walter F. Parkes e Laurie MacDonald e o produtor executivo Steven Spielberg, vão gerenciar o filme.

O MIB: Homens de Preto original, estrelado por Smith e Jones, saiu há vinte anos e arrecadou US$ 589 milhões em todo o mundo. Sua sequência de 2002, arrecadou US$ 441 milhões mundialmente e foi recebida com menos entusiasmo tanto pela crítica como pelo público, enquanto o terceiro MIB levou a série de volta ao sucesso crítico e financeiro ganhando US$ 642 milhões, apesar de um turbulento processo de filmagem. Barry Sonnenfeld dirigiu os três filmes originais.


Deixe sua opinião:)