Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegação

Os Melhores Filmes de 2015

Spotlight, A Garota Dinamarquesa, O Regresso, Carol. Os favoritos do Oscar chegam aos cinemas apenas no primeiro mês do ano, então a dificuldade
Os Melhores Filmes do Ano #1

Spotlight, A Garota Dinamarquesa, O Regresso, Carol. Os favoritos do Oscar chegam aos cinemas apenas no primeiro mês de 2016, então a dificuldade de se definir os melhores do ano aumenta em dobro. De uma forma ou de outra, não se pode ignorar as diversas surpresas do ano, que foram de reboots que não poderiam dar em nada até roteiros originais e nacionais que surpreenderam o público. Aqui, vamos dar uma olhada nos melhores filmes do ano, pelo menos, para mim.

1. Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer
Adolescentes. Drama. Câncer. Com esses três elementos, o filme Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer baseado em um livro de mesmo nome, fez a maioria do público revirar os olhos e pensar: “Mais um?”. Mas a construção narrativa poética e adulta, sua direção e atuação de Olivia Cooke e Thomas Mann, além de RJ Cyler, fez do filme uma das melhores construções do ano.

2. As Memórias de Marnie
Como sempre, o título de melhor animação sempre fica nas mãos da Pixar ou Disney, ou ambas como é o caso de Divertida Mente, mas desta vez, vamos variar e apresentar mais um trabalho do Studio Ghibli. As Memórias de Marnie não foi apenas ótimo, como também O Pequeno Príncipe e O Menino e o Mundo, mas trouxe uma trilha sonora de “partir o coração” e uma animação impecável, digna do estúdio.

3. Que Horas Ela Volta?
Não teria como deixar de fora o queridinho brasileiro. Que Horas Ela Volta? foi uma surpresa digna de orgulho por vários motivos, mas principalmente: pela qualidade técnica e de roteiro e pela atuação de Regina Casé. Infelizmente o filme foi ignorado pelo Oscar, mas ficará marcado com o melhor filme brasileiro.

4. Ex-Machina: Instinto Artificial
Considerado um dos melhores filmes de sci-fi do último século, Ex-Machina foi a surpresa do início do ano. Com um elenco pequeno, mas de peso que conta com Oscar Isaac (Apocalypse em X-Men), Domhall Gleeson (um dos irmãs Wesley), Alicia Vikander (Agente da U.N.C.L.E.) e outros, o longa trás uma visão assustadora e futurística. Munido de ótimos efeitos especiais e discussões sociais, o longa conseguiu agradar vários públicos.

5. Kurt Cobain Montage of a Heck
A produção de documentários tem aumentado nos últimos anos e a quantidade de pessoas que os consomem também. A ideia de que “documentário é chato” está sendo quebrada e Kurt Cobain Montage of a Heck é uma prova disso. Com uma marrativa que mostra animações representando a vida do cantor e entrevistas de amigos e família, mesmo com 2 horas e 25 minutos de duração, ele consegue ser dinâmico, mantendo a atenção do público.

6. Mad Max: Estrada da Fúria
Mesmo com algumas falhas de roteiro, a mudança do personagem tão conhecido, como o filme deveria se chamar “MadFuriosa”, Estrada da Fúria foi uma surpresa em qualidade técnica. George Miller conseguiu se consagrar um dos melhores diretores do ano e Charlize Theron um ícone feminino.

7. Star Wars: O Despertar da Força
Nostalgia e os diversos “re” do cinema e da televisão (reboots, remakes, revivals) são os termos que podem descrever o ano de 2015 e um dos principais motivos é Star Wars. Conseguindo trazer todos os elementos da franquia antiga e dando um novo passo, O Despertar da Força acumulou 500 milhões mundias no primeiro fim de semana e também “acordou” diversos fãs, antigos e novos.

8. Beasts of No Nation
Aos poucos, a Netflix invadiu diversos campos. Primeiramente, como streaming, depois como série e agora, filme. Com Beasts of No Nation, decidiram contar uma história pouco explorada, a roubo da inocência. Trazendo Idris Elba no elenco principal e o talentoso Abraham Attah, o longa traz a crua história de crianças que crescem em meio a guerra civil. E quando falamos em “crua” queremos dizer que não há rodeios quando se trata sobre violência.


Divulgaí

Deixe sua opinião:)