Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegue aqui

Diretor de “Eu Sou a Lenda” explica porque sequência nunca aconteceu

O final original de Lawrence para o filme envolveu o personagem de Smith percebendo que os monstros que atormentaram a cidade após a morte de todos os humanos tinham sensibilidade

Com um total de US$ 585 milhões arrecadados nas bilheterias de todo o mundo e um ator famoso como protagonista, parece estranho não termos até hoje uma continuação para Eu Sou a Lenda. Depois de dez anos e nenhum desenvolvimento oficial de uma sequência ou prelúdio, o diretor Francis Lawrence (Operação Red Sparrow, Constantine) recentemente compartilhou porque ele não tinha interesse em criar outro capítulo do thriller de ficção científica estrelado por Will Smith, sem qualquer tentativa claramente motivada financeiramente.

O estúdio esteve realmente pronto para realizar algo, e eu simplesmente não sabia como fazê-lo”, o cineasta compartilhou com o podcast Happy Sad Confused. “Eu vi muito rapidamente depois que o filme saiu. As pessoas vieram ver o último homem na Terra. Nós fizemos o último homem na terra, ele morreu no final do filme, não podemos trazê-lo novamente. Não é Indiana Jones, um tipo de personagem icônico que você quer ver novamente e novamente.

Trazendo Smith de volta para uma sequência, obviamente, seria uma impossibilidade, mas Lawrence também compartilhou que não tinha interesse em desenvolver um filme que se passasse antes do filme de 2007, pois teria sido muito parecido com uma infinidade de outros filmes.

Eu seria forçado a fazer um prelúdio", admitiu Lawrence. “Fazer uma sequência seria algo bobo. Os cientistas pegariam seu DNA e o trariam de volta de alguma forma! E isso teria sido realmente burro, e então eu simplesmente declinei.

Em 2014, Akiva Goldsman revelou como teria sido o prelúdio que nunca saiu do papel. No mesmo ano, surgiu a notícia de que a Warner Bros. estava planejando uma nova versão sem Will Smith, desde então nenhum movimento oficial surgiu.

O final original de Lawrence para o filme envolveu o personagem de Smith percebendo que os monstros que atormentaram a cidade após a morte de todos os humanos tinham sensibilidade, mas o público não aprovou o fato de o personagem perceber que o homem era o verdadeiro monstro. Foi incluído um novo e mais tradicional final que interpretou o heroísmo do personagem principal em frente aos monstros.

Final alternativo


Final exibido nos cinemas.



Deixe sua opinião:)