Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegação

Aos amantes do suspense: Revisitando a franquia “Pânico”

Percursora do gênero “slasher movie”, a série de filmes Scream ou “Pânico”, do falecido Wes Craven teve sua estreia há 20 anos, em 1996, contando com quatro produções da Dimension Films e considerada um verdadeiro clássico por entusiastas de cinema.
Revisitando - Para os amantes de suspense: a franquia “Pânico”
Percursora do gênero “slasher movie”, a série de filmes Scream ou “Pânico”, de Wes Craven, teve sua estreia há 20 anos, em 1996, contando com quatro produções da Dimension Films e considerada um verdadeiro clássico por entusiastas de cinema.

Isto porque, na época, este segmento cinematográfico encontrava-se abandonado, sem obras relevantes, e depois de seu lançamento, vários outros filmes ganharam forma, como “Eu Sei o Que Fizeram no Verão Passado” e “Lenda Urbana”.

No elenco do inaugural tem-se Neve Campbell, Courteney Cox, David Arquette, Skeet Ulrich e até Drew Barrymore, roteiro de Kevin Willianson e produção de Cathy Konrad e Cary Woods, o filme é o verdadeiro retrato de um “terror b” dos anos 90: psicopata que usa máscara mata suas vítimas aleatoriamente de forma misteriosa até ter sua identidade revelada no final, acompanhado de algumas falhas em roteiro e atuação, mas com aquela pitada de suspense que te segura até o último segundo.

A série conta com algumas premiações importantes, como “Melhor Filme” no MTV Awards e Saturn Awards com “Scream” e “Melhor Atriz” e "Atriz Favorita em Filme de Terror" para Neve Campbell no MTV Awards e no Blockbuster Entertainment Award, respectivamente, com “Scream 2”, entre outros.

   Este trecho do artigo apresenta spoilers dos filmes da franquia “Pânico”.  

Trata-se da pacata cidade de Woodsboro, em que se acompanha parte da vida de Sidney Prescott e as pessoas à sua volta, que passam a sofrer perseguição de um misterioso psicopata, o qual assassina de forma sangrenta suas vítimas, até ser revelada sua identidade e motivações. Esta tragédia acaba perseguindo a protagonista por todas as fases de sua vida, sendo renovada por outros serial killers por diferentes razões até culminar na última sequência.

Já a última parte a ser filmada, em 2011, “Scream 4”, gerou uma grande expectativa de uma nova sequência, a qual os produtores chegaram a idealizar ser lançada em duas partes, caso alcançassem o sucesso esperado com sua estreia.

Em 2015, com a morte do diretor Wes Craven e o faturamento insatisfatório da última produção, um novo filme se tornou uma realidade bem distante ao se somar com os grandes problemas durante as gravações (diferenças criativas entre idealizadores, roteiros problemáticos e afins) mas ainda muito desejada pelos fãs.

A franquia “Scream” brinda seus fãs com cenas marcantes através dos anos, como a de Casey Becker (Drew Barrymore) sozinha em casa e envolvida em um sádico jogo de perguntas por telefone com o assassino para salvar seu namorado que é feito de refém e após a morte de ambos, seu corpo é encontrado pendurado em uma árvore (Scream), ou quando Sidney Prescott (Neve Campbell) e Hallie McDaniell (Elise Neal) ficam encurraladas no assento traseiro de um carro de polícia com o assassino desacordado após um acidente (Scream 2), e, ainda, a cena de desfecho final na mansão de Roman Bridger (Scott Foley), que prova que a combinação de suspense e passagens secretas é uma das favoritas do público (Scream 3).

O sucesso deste segmento é tão grande que chegou a ser produzida uma nova franquia em forma de sátira: Scary Movie - também conhecida como “Todo Mundo em Pânico” - que possui cinco sequências no gênero comédia, alcançando grande público e reafirmando os pontos positivos e negativos dos enredos originais.

Outra afirmação da influência desta obra é que, em 2015, a MTV lançou um seriado de mesmo nome baseado no suspense inicial e que, atualmente, encontra-se em sua segunda temporada, sendo um grande sucesso recheado de referências e a comprovação de que, mesmo com os anos, o típico “slasher movie” ainda é capaz de manter uma grande legião de espectadores.

Independente de preferências pessoais, o fato é que todos devem reconhecer que, mesmo com suas peculiaridades, a franquia “Scream” é consolidada como um grande e significativo clássico cinematográfico, que vai além de sustos e medos durante os anos, porque afinal de contas o que importa não é se estreou há vinte, dez ou um ano, mas sim a apavorante e eternizada pergunta: "Qual é o seu filme de terror favorito?”

Divulgaí

Deixe sua opinião:)