Loucos por Filmes

Loucos por Filmes

Destaques

Últimas

Navegação

Crítica: Invasão Zumbi

Com uma originalidade de lugar e roteiro, Invasão Zumbi já pode ser referido como um dos melhores filmes de zumbi dos últimos anos junto com, outro clássico também estrangeiro, [REC].
Crítica: Invasão Zumbi
Um braço ou uma perna quebrados. Alguns dentes a menos. Sangue por todo o corpo e uma vontade insaciável de “cérebros”. Esse vício que tem atingido humanos e zumbis, somado a qualidade de roteiro dos cinema asiático dá luz a Train to Busan (Invasão Zumbi, no Brasil).

O longa protagonizado por Gong Yoo vai muito além do zumbi mainstream visto em séries como The Walking Dead e percorre não apenas a ideia de se unir para sobreviver, mas também traça problemáticas do cotidiano em meio ao caos do apocalipse.

A história já conhecemos. Um vírus saído de Deus sabe onde infecta uma pessoa, lhe dando “sede” de carne humana. A doença se espalha rapidamente e quando menos se espera, está chegando na porta do protagonista.

Neste caso, no trem em que ele está. Assim como em O Hospedeiro (2006), o foco não é no monstro, mas sim nas consequências que ele traz para os personagens e a transformação que eles irão passar com o decorrer do filme.

Como é o caso de Seok-Woo que deixa seu egoísmo de lado e passa do personagem em que ninguém confia para o herói que todos amam. Esse tipo de característica é bem comum do cinema coreano. No fim, todos pagam um preço ou se transformam, nada permanece igual ao início da história.

E esse é um dos pontos altos do filme, principalmente para quem já está acostumado com os roteiros hollywoodianos de sobrevivência. Em Invasão Zumbi, eles não tem medo de colocar todos em risco, o que deixa o espectador em uma crise de nervos. Mantendo a tensão sempre no máximo, não é incomum ficar na ponta da cadeira, esperando a próxima decisão dos personagens.

A interpretação do elenco também não ajuda para acalmar o público. Mesmo com trejeitos culturais bem diferentes do que estamos habituados, os atores conseguem passar toda a urgência de estarem presos dentro de um trem com zumbis, além de nesse meio tempo, conseguirem cativar. Principalmente quando se trata do sério Gong Yoo e do irônico, Dong-seok Ma.

Não bastasse a qualidade do elenco e roteiro, também se deve dar atenção a maquiagem e efeitos gráficos. A caracterização dos zumbis está muito além do simples “me convenceu” e mostra que a qualidade deste gênero não é exclusividade do cinema americano.

Com uma originalidade de lugar e roteiro, Invasão Zumbi já pode ser referido como um dos melhores filmes de zumbi dos últimos anos junto com, outro clássico também estrangeiro, [REC]. Para os fãs dessas criaturas fascinantes, o longa é uma pedida imperdível para os dias restantes de 2016.

8
Divulgaí

Deixe sua opinião:)